RSS

Arquivo da tag: Queijo de Cabra

Fechando com chave de ouro: Serrera Vinos

Encerramos nossa visitas na sexta-feira à noite em uma pequena bodega localizada na região de Luján de Cuyo, contudo, esta visita era muito mais do que conhecer instalações, visitar vinhedos e degustar bons vinhos, era uma visita a velhos amigos. Ir a Mendoza e visitar meus grandes amigos Hernán e Vitu já se tornou agenda obrigatória e não poderia deixar de ir com meus confrades winefreaks.

Hernán e Vitu são proprietários da Serrera Vinos, uma bodega relativamente desconhecida no  Brasil,  tem seus rótulos trazidos ao Brasil pela importadora Hannover,  mas que produz vinhos interessantíssimos. A Serrera possui vinhedos espalhados pelas principais regiões produras de Mendoza, Luján de Cuyo, Agrelo e Tupungato, produz uma média de 200.000 Kg de uvas ano, contudo, apenas uma pequena e selecionada parcela destas ficam na Serrera, o restante é vendido para outras grandes bodegas. Possuem uma planta em Luján que faz todo o processo de vinificação.

Vinhedos com mais de 100 anos em cultivo orgânico no quintal de casa...que tal???

Fomos recebidos na casa de Hérnan, onde possui uma pequena propriedade cercada de vinhedos com quase 100 anos de idade onde conduz as vinhas de forma orgânica. Além disso Hérnan tem uma criação de cabras para produção de leite e queijo fabricado ali mesmo em sua propriedade, queijos estes que provamos juntos com os vinhos, deliciosos.

Vai um queijinho de cabra direto da fonte???

Logo que chegamos Hernán nos conduziu para uma pequena sala onde preparou uma mesa com alguns vinhos para nossa degustação, todos rótulos novos que ainda estão para entrar no mercado e algumas preciosidades! Sem grandes demoras vamos fazer uma análise dos vinhos provados pois nesta noite os vinhos não eram o assunto principal.

As "crianças" que nos foram oferecidas no início da noite...

Serrera Torrontes 2010. Sem dúvidas um dos melhores Torrontes degustados na viagem, da variedade Torrontes Riojano, a idéia segundo Hernán era buscar um vinho não muito intenso, como alguns Torrontes que chegam a ser enjoativos, mas com uma boa carga aromática. Realmente estava muito bom no nariz, não muito explosivo, toques florais e frutas brancas e tropicais. Na boca redondo, elegante, sutil, uma discrição acima da média quando falamos de um torrontes. Excelente.

Serrera del Pecado 2008. Este é o tinto de entrada da Serrera, um corte 55% Cabernet Sauvignon e 45% Malbec, a proposta é um tinto fácil, sem carvalho, com muita fruta presente. Pelo preço que é cobrado, 10 pesos na Argentina, superou as expectativas, a única ressalva é que foi servido um pouco quente, escondendo sua tão desejada fruta, após resfriarmos um pouco voltou a vida novamente.

Serrera Moments Malbec 2008. Corte de Malbecs de diferentes terroirs, Tupungato, para lhe trazer mais frescor, e Luján de Cuyo, para aporte de estrutura. A proposta deste vinho é ser uma passagem do del pecado para a linha reserva, realmente é um belo tinto, com excelente custo/qualidade, a duvida é se os clientes não preferem pagar um pouco mais e ir direto para o reserva? Entramos num pequeno debate sobre este tema que Hérnan chegou a concordar. No entanto, um tinto a ser degustado.

Neste momento, nos demos conta que Hérnan ia mudando a música ambiente a cada vinho servido, como se buscasse uma harmonização diferente, não sabemos dizer se foi isto mas a verdade é que a energia estava ótima nesta noite.

Um brinde entre os trabalhos pra descontrair!!!!

Serrera Reserva Malbec 2010. Chegamos a linha reserva, este vinho foi feito com uvas de Luján de Cuyo, que segundo Hernán foi uma safra muito boa, com bastante estrutura fenólica nos grãos. Hernán tratou de preservar muito a fruta deste malbec, notava-se isto no nariz, aromas limpos de frutas vermelhas, mirtillos, final tabaco e especiarias mostrando um aporte de carvalho muito bem trabalhado. Na boca um belíssimo Malbec, equilibradíssimo, nada de bombas alcoólicas, mas um vinho com energia e vida com um final de boca revigorante.

Serrera Reserva Bonarda 2008. Nos falando um pouco deste vinho, foi uma excelente safra em Tupungato, disse Hernán,  origem desta Bonarda, um ano com muita concentração de cor e aromas. As uvas deste vinho são provenientes de vinhas com mais de 40 anos de idade. Levamos o tinto ao nariz. Uau!! O que foi isto? Que belíssimo bouquet, concentrado, pimenta negra, cravo, notas mentoladas, final levemente herbáceo, elegantíssimo, nao muito potente mas com uma persistência incrível. Na boca só melhorou, a rusticidade da Bonarda, quase mastigável já pedia um entrecot jugoso para acompanhar, que tinto maravilhoso, foi eleito naquele momento o Bonarda da semana.

Serrera Gran Guarda 2005. Chegamos a prata da casa, momento único, consegue-se notar facilmente a admiração de Hernán por este vinho, a forma como conseguiu aproveitar as qualidades da Malbec ao máximo, a forma como conseguiu integrar o carvalho novo com maestria. Sem dúvida um grande malbec no nariz e na boca, potência com balanço, vinho gastrômico, sem dúvidas chegamos ao Freak da noite. Como se não pudesse melhorar Hernán foi a seu laptop e colocou o volume no máximo, estava tocando Brother in Arms – Dire Straits. Ao som de Mark Knopfler podemos dizer com certeza que aquele foi um momento Timefreaze.

Após terminarmos esta degustação maravilhosa Hernán nos conduziu ao pátio de sua casa onde havia montado uma mesa no pátio e Vitu já nos aguardava com a Parrillera queimando lenha e alguns pedaços de carnes selecionadas tostando sobre a grelha.

O fogo pronto pra fazer umas carnes na grelha!!!

Bem, não precisamos dizer que foi uma noite memorável, ainda mais quando Hernán chegou a mesa com uma garrafa de um Serrera Reserva Syrah 2002, ano da primeira safra da Serrera. Como costuma dizer nosso amigo Vitu: “Que vida de mierda!!”

Será que a noite estava boa???

Nossos mais sinceros agradecimentos a Hernán, Vitu, Verônica e toda sua família que nos receberam de braços abertos em sua casa e fez de nosso último dia em Mendoza um momento inesquecível.

Que vida de mierda!!!!
 
1 comentário

Publicado por em 24 de fevereiro de 2012 em Bobagens, Dicas, Notícias, Novidades, Técnicas e conceitos

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

  •  
    %d blogueiros gostam disto: